NASA desiste da sonda Opportunity após perder contato com veículo em Marte




A sonda Opportunity, enviada para Marte em 2004, três semanas após a Spirit, não respondeu à última tentativa de contato feita pelos engenheiros da NASA, que vêm se esforçando para se comunicar com o veículo espacial há mais de oito meses sem sucesso. Com isso, a NASA oficialmente se despede da Opportunity encerrando sua missão de cerca de 15 anos.


O único sinal recebido, em 10 de junho de 2018, indicava que a Opportunity estava em um ambiente escuro demais para ser recarregada


Os problemas com a comunicação entre a Terra e a Opportunity começaram no meio do ano passado, quando uma tempestade monstruosa atingiu o Planeta Vermelho escurecendo sua atmosfera e bloqueando o Sol que abastecia a sonda. A falta de energização fez com que a bateria do veículo se esgotasse e ele entrasse em modo de hibernação.


Sem luz, sem energia


A esperança da NASA era que, com o passar da tempestade, o Sol pudesse reabastecer as baterias do veículo e ele voltaria a funcionar normalmente. O único sinal recebido, em 10 de junho de 2018, indicava que a Opportunity estava em um ambiente escuro demais para ser recarregada. Porém, desde então, os engenheiros não conseguiram nenhum tipo de resposta da sonda.


Mesmo utilizando a Deep Space Network, uma série de radiotelescópios gigantescos aqui na Terra que são usados para se comunicar com naves espaciais nas profundezas do Sistema Solar, a NASA não foi capaz – de maneira alguma – de se comunicar com a Opportunity. E após ter percorrido mais de 45 quilômetros em solo marciano dando para nós, humanos, todo tipo de informação importante sobre o Planeta Vermelho, a sonda deve permanecer inutilizada lá indefinidamente.


Ou pelo menos até chegarmos lá pessoalmente e a recuperarmos. Será que falta muito?


FONTE THE VERGE

www.tecmundo.com.br/ciencia/

3 visualizações0 comentário
  • Facebook Social Icon
  • Blogger ícone social
  • LinkedIn ícone social